Produtos Ecológicos Para Construção

Construção com Produtos Ecológicos – Dicas

Confira dicas de produtos ecológicos para incrementar a sua construção, tornando ela sustentável gastando pouco, proporcionando uma econônima no bolso e ao mesmo tempo ajudando o meio ambiente.

Hoje em dia, é cada vez mais importante cuidar da natureza. Isso por que o planeta vem sofrendo com os abusos cometidos pelo homem e há muito já se fala sobre o quanto é importante buscar alternativas para cuidar da natureza e poluir menos. Já se tomaram medidas para que carros movidos a combustível poluam menos, buscando também utilizar biocombustíveis como o Etanol e a volta dos carros elétricos, que já eram muito utilizados na época dos bondes, mas que se perderam no tempo para a lucratividade do petróleo.

E não é só nos carros que a sociedade está procurando alternativas mais conscientes. Nós também estamos procurando utilizar materiais biodegradáveis. Roupas feitas de matérias que se decompõem mais rápido, passando menos tempo poluindo o solo. Embalagens feitas de materiais biodegradáveis. Sacolas ecológicas, que a cada dia ganham mais espaço nos carrinhos de compra dos clientes de supermercado. Isso por que, há muito tempo a sociedade vinha se acostumando a utilizar materiais que levam centenas, quando não milhares de anos para se decompor e terminavam por contaminar os solos e lençóis freáticos.

Mas não é só na roupa que vestimos e no carro que dirigimos que devemos poluir menos. Quando se pensa em construir uma casa, hoje em dia, cada vez mais se cogita na idéia de utilizar materiais ecologicamente corretos. Além de ajudar o planeta, a longo prazo, vários desses materiais podem trazer benefícios e te fazer economizar mais na hora de construir sua casa. E foi pensando nisso, que hoje trouxemos pra você uma pequena lista de sugestões de materiais que você pode utilizar para construir uma casa mais consciente com o meio ambiente.

Vamos começar pelo telhado, você pode usar as telhas ecológicas, que custam entre R$29 e R$31, ou usar cumeeiras universais que custam entre R$35 e R$39. Outra boa idéia, para deixar sua casa bem ventilada e ajerada são as telhas para ventilação que custam cerca de R$145. Outra forma de economizar é no aquecimento da sua casa. Pra você que morar num lugar frio e quer tomar um banho quentinho antes de dormir, sem gastar com energia elétrica você pode usar os materiais para aquecimento solar, como o coletor de energia solar da CSA, que custa cerca de R$416, também pode esquentar sua água com o aquecedor solar Belosol, de capacidade de 200L e voltagem 127V, que custa cerca de R$869. Outros coletores solares como o CLVH 1.03 LX e o CLVG 1.50 LX, que custam entre R$303 e R$443. Um reservatório solar de baixa pressão com capacidade para 300 Litros, LX, bivolt, também é uma boa idéia, custa cerca de R$1.433.

A parte hidráulica da sua casa também é importante e existem diversos produtos ecológicos para essa parte da construção sustentável. Um chuveiro Anti-Vandalismo Pressmatic da Docol custa cerca de R$179, e um misturador Monocomando para Lavatório de Mesa, da mesma marca, custa cerca de R$614. Também da Docol são as torneiras de parede compacta e a válvula para mictório Crome, que custam R$182 e R$202, respectivamente. Também estão disponíveis a torneira eletrônica de bancada da Fabrimar, que custa cerca de R$586, e a válvula para mictório com senso eletrônico, da Docol por R$1272. Você ainda pode aproveitar o sol na iluminação da sua casa. As luminárias solares variam, desde as de jardim, que custam R$84. a de Led, por R$255, ou borboleta e a libélula, ambas por R$51. O piso permeável Oterprem também pode ser bom. E custa pouco. A partir de R$1,10 os retangulares ou de 16 faces, até R$11, a guia leve de pavimentação.

Ao usar produtos ecológicos você vai ficar com a sua consciência limpa e garantir que você está fazendo o bem pela natureza, além de economizar bastante. O que você está esperando? Incremente já esses produtos na sua construção e viva bem!

Sustentabilidade Econômica

Conceito de Sustentabilidade Econômica

Saiba o que é a sustentabilidade econônica e os benefícios que ela trás em uma empresa.

Quando se fala em sustentabilidade, logo pensamos com algo estritamente relacionado com o meio ambiente. Mas de sustentabilidade econômica você já ouviu falar? Sabe o que é? Apesar de ter ligação com o meio ambiente, sustentabilidade econômica nada mais é do que a distribuição equilibrada das riquezas produzidas pelo homem.

Em outras palavras, seria a ideal utilização de toda riqueza produzida. Seja na igualdade de distribuição, seja na reposição para a natureza do que lhe foi retirado o que gera um desenvolvimento econômico mais estável sem picos ou situações de risco para a economia.

A sustentabilidade econômica não trabalha só com o presente. Seu foco também olha para o futuro, pois são através das ações economicamente sustentáveis de hoje que teremos uma sustentabilidade econômica amanhã. As ações para se alcançar uma economia sustentável precisam ser constantes.

Com uma economia sustentável, todos os outros aspectos da sociedade também são beneficiados. O meio ambiente, porque os recursos são utilizados com inteligência. A sociedade também ganha, pois as riquezas são divididas igualmente minimizando as diferenças sociais. Assim como, há poucas chances de grandes crises como picos na inflação, grande quantidade de fechamento de postos de trabalho, já que a nação não precisa depender financeiramente de outra ou de fundos monetários.

Vale lembrar que a economia sustentável não prevê o fim do lucro. É ele quem sustenta as empresas. Mas para se alcançar este tão almejado equilíbrio é necessário a modificação de olhar, de idéias de toda a sociedade, visando o bem estar geral no presente e futuro. O governo tem um papel de fundamental importância nesta conquista, afinal, é ele que controla. Cada vez que ele elabora e aplica restrições ambientais mais intensas, obriga as empresas não a terem prejuízo, mas a investir em pesquisa e novas tecnologias para tornar uma produção cada mais vez sustentável.

Sustentabilidade na Construção Civil

Sustentabilidade na Construção Civil – Materiais e Benefícios

Em meio a tantos debates e manifestos referente a sustentabilidade em empresas, mercados e demais produtos, onde fica a sustentabilidade na construção civil? Diferente do que pensamos construir uma casa pode ser mais sustentável e agredir menos ao meio ambiente. Imagine, por exemplo, um isolamento de som feito com pneus reciclados? Sim, é possível. E tem tantas outras ferramentas e produtos usados nas construções civis que é impossível não ser sustentável ao construir uma casa ou um prédio.

O que vem causando esse aumento da discussão dos problemas ambientais causados pela construção civil vem dos resíduos deixados pelas obras, que representa cinco vezes mais que os resíduos deixados por muitos dos produtos fabricados. Outro fator que merece ser levado em pauta é o grande desperdício de energia elétrica e água. Trocar a energia elétrica por energia solar é só uma das muitas alternativas que podem ser tomadas na construção civil. Ainda temos o uso de tintas se solvente que acaba agredindo menos o meio ambiente.

Lógico que em uma construção, não devemos deixar de usar toda a tecnologia que o mundo nos fornece, e sempre atendendo a necessidade dos usuários dessa construção, porém hoje em dia já temos diversas opções de materias sustentáveis para a construção.

Podemos deixar claro, que uma construção sustentável, não é apenas favorável ao meio ambiente, e sim, favorável também em aspectos sociais e econômicos. Uma construção mais sustentável pode trazer uma maior economia e um bom aumento de publicidade. Afinal, dizer que algo é sustentável garante uma grande salva de palmas de diversos ambientalistas e críticos ambientais.

São varias as categorias que uma construção civil pode se encaixar para ser sustentável. Pode ser uma construção com materiais sustentáveis industriais, que seria basicamente adquirir produtos sustentáveis fabricados industrialmente, sempre respeitando a legislação, uma construção com materiais de reuso, que irá reutilizar materiais reciclados, como por exemplo, o isolamento acústico citado anteriormente, e por fim a construção natural que é que mais se aproxima da natureza, onde são usados materiais localizados no local da obra como terra, areia, madeira, e outros.

Essas mudanças devem ir além de sugestões e opiniões de ambientalistas. Aderir a essas mudanças causará um grande avanço no país se baseando na sustentabilidade, além de vários outros benefícios. A preocupação com a sustentabilidade deve ser enorme, pois é o nosso mundo em questão. A construção civil sustentável é apenas um dos muitos meios de combater o aquecimento global e outras questões ambientes sendo tratadas atualmente. Você pode construir ecologicamente correto com a construção civil sustentável e ainda sair em vantagem por questões econômicas, sociais e ambientais.

Arquitetura Sustentável

Projetos de Arquitetura Sustentável no Brasil e no Mundo

A Arquitetura Sustentável trata-se de um processo que está em constante evolução e que visa estratégias inovadoras junto à tecnologia com o objetivo de trazer cada vez mais melhorias na qualidade de vida do cotidiano do ser humano. A Arquitetura Sustentável já está sendo bastante utilizada no Brasil. Vamos conhecer mais sobre esse projeto de arquitetura que vai ser bastante utilizado daqui pra frente nas construções de todo o planeta.

A abordagem da Arquitetura Sustentável envolve principalmente: o aproveitamento de estruturas que já existem, manutenção e construção envolvendo eficiência energética, materiais específicos para utilização, além da proteção dos contornos naturais envolvendo todo um planejamento territorial.

A arquitetura sustentável se aproveita de vários recursos vindo das idéias da sustentabilidade, como usar materiais que são considerados ecologicamente corretos. O seu objetivo final está em criar projetos sustentáveis que harmonize a obra e seu processo de construção ao meio ambiente pretendendo, assim, evitar agressões que são desnecessárias para o ambiente em cada um dos passos. A arquitetura sustentável acaba por aperfeiçoar os processos da construção, fazendo com que resíduos resultantes sejam reduzidos, e com isso os consumos energéticos do edifício são diminuídos.

Outra característica da arquitetura sustentável é que ela é projetada pensando o nível de conforto térmico, assim como a qualidade do ar adequado de uma construção. Isso reduz a necessidade de uso de sistemas de ventilação e em casos opostos o uso de aquecimentos artificiais.

Existem diversas estratégias que faz de um projeto de arquitetura de fato sustentável. A água para consumo humano em um edifício sustentável, por exemplo, deve ser utilizada de uma forma econômica para que seja evitado o seu desperdício. Algumas alternativas já são usadas como chuveiros e torneiras com equipamentos que reduzem o consumo, através de sensores ou temporizadores. Já em relação ao consumo de energia, a Energia Solar é bastante utilizada em projetos de arquitetura sustentável e já podemos notar isso até em pequenas residências no Brasil e no mundo e a tendência é cada vez aumentar a utilização dessas técnicas.